top of page

Cutelaria: Aspectos da criação de uma faca



FORMATO X FUNCIONALIDADE

Importante entender que cada modelo de faca tem sua aplicação específica, o perfil, cabo e geometria de fio são diferentes em cada modelo. Uma faca de campo por exemplo, precisa de uma estrutura robusta e cabo resistente, diferente de uma navalha que pela função necessita de uma anatomia de cabo diferente e uma geometria de fio mais aguda. Reforçamos portanto que, os aspectos da lâmina: desde o modelo, usinagem, empunhadura, peso e tipo de fio devem seguir os critérios de utilização do seu modelo específico para melhor performance do usuário.




ALINHAMENTO DO PERFIL

Lâmina nenhuma, independente do modelo deve estar empenada ou curvada, o design deve seguir um a orientação retilínea do cabo a ponta. Durante a têmpera, pode ocorrer o desalinhamento, mas não corrigir essa falha técnica e estética é considerada um erro grave na cutelaria.




GEOMETRIA X RETENÇÃO DE FIO

A geometria de fio é a angulação ideal para o modelo de faca a ser produzida. A capacidade de manter um bom fio por mais tempo é fundamental, por isso a escolha do fio deve ser ideal para o modelo da faca e o processo de têmpera de maneira é tão importante para um desempenho satisfatório, o cuteleiro que não domina o Tratamento Térmico dos aços que utiliza ou não faz com excelência o processo como um todo, não extrairá as melhores propriedades do aço utilizado.



COLAGEM E ANCORAGEM DOS PINOS, DO CABO, GUARDA OU POMO

As facas em sua maioria possuem algumas partes que no processo de produção são presas, rosqueadas, encaixadas ou coladas, escolher o método adequado para cada parte, material ou modelo de faca assegura a performance da mesma e acima de tudo a segurança do usuário, ninguém gosta de ver frestas entre o ricasso e a lâmina ou resquícios de cola entre as partes.




CONFORTO DA EMPUNHADURA

Mais do que bonito, moderno ou criativo o cabo de uma faca deve ser confortável para o usuário, formatos de cabos com cantos agudos ou ângulos muito retos podem incomodar e formatos muitos arredondados podem não dar a firmeza necessária durante a utilização, portanto estudar o design de empunhaduras de cada modelo de lâmina, bem como sua função ( vide tópico 1) são extremamente importantes para o perfil geral da faca. Não é o cabo que faz a principal função da faca que é o corte, mas se ele não for ergonômico unindo design, peso e equilíbrio com certeza não proporcionará uma experiência de corte agradável ao usuário





DESBASTE E LINHAS DE TRANSIÇÃO

Durante o processo de fabricação a usinagem da lâmina, ( desbaste do aço) deve cumprir uma série de funções para um resultado final de excelência da faca, afinal o desbaste é responsável pela:


  1. Modelagem da lâmina: Determina a espessura da espiga, o perfil da lâmina e a curvatura e angulação do fio, isso reflete na performance de corte, estética e resistência e durabilidade geral da faca.

  2. Definição de peso e equilíbrio: Controla a quantidade de material removido da lâmina.

  3. Estética: Um desbaste bem executado pode resultar em linhas suaves, transições precisas e uma aparência geral elegante e atraente o que contribuem para a beleza e o apelo visual da faca.


ESTÉTICA

A beleza de uma faca é o primeiro aspecto que olhamos, cada modelo carrega um conceito e um design particular de acordo com a função e origem da mesma. Ser criativo é importante, mas manter uma coerência estilística é fundamental, os elementos devem fazer sentido juntos desde o design até os materiais escolhidos. Entalhes, pedras preciosas, cabos exóticos e damascos sofisticados engrandecem e valorizam uma lâmina, mas a harmonia desses detalhes e a excelência na execução geral da peça é o que que fará essa faca ser considerada realmente bela.



Lembre-se "a simplicidade de um boa execução e a precisão de um projeto também resultam em uma faca bonita, atraente e principalmente: Funcional".




7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page