top of page

Quais as vantagens e como é feito o aço que compõe o seu equipamento?

Por Mateus kollross



O aço é a principal matéria prima da lixadeira de cinta, é ele o responsável pela sua estrutura na sua totalidade. Mas você conhece este produto e a sua produção? O aço é basicamente formado por uma liga de ferro e carbono.




Devido ao seu baixo custo e pelas propriedades de resistência ao desgaste, impacto e corrosão, o aço passou a representar 90% dos metais utilizados pela indústria, isso, segundo informações do Ministério da Economia. Vamos entender um pouquinho mais sobre este elemento tão importante?

Quais as vantagens do aço?

O aço utilizado na fabricação da lixadeira de cinta é o aço 1020, isto porque ele possui um excelente custo benefício, maior plasticidade e usinabilidade, porque em sua composição consta entre 0,15% a 0,30% de carbono e permite o tratamento do aço como beneficiamento e têmpera.

Trata-se de um aço conhecido como “macio” ou “doce”, devido ao seu percentual de carbono, e é o que determina vantagens quanto ao seu manuseio.

O processo de fabricação do aço:

A fabricação do aço, de forma geral, ocorre a partir do minério de ferro, carvão e cal, e pode ser dividida em quatro etapas: a preparação de carga, redução, refino e laminação. Na primeira etapa do processo siderúrgico é realizado a aglomeração do minério de ferro (finos), através do cal e finos de coque. Isto tudo acaba por resultar no sinter (produto da aglomeração).


A segunda etapa é a de redução, na qual as matérias-primas - já preparadas na primeira etapa - são colocadas em um alto forno. Onde o oxigênio - aquecido em 1000 ºC - é soprado pela parte de baixo do alto forno. O carvão, quando em contato com o oxigênio, é capaz de produzir calor que funde a carga metálica e dá início ao processo de redução do minério de ferro. Após este processo o que temos é um metal líquido, que chamamos de ferro-gusa.

Na penúltima etapa alcançamos o refino. Nela são utilizadas aciarias, as máquinas e equipamentos que permitem a transformação do ferro gusa em diferentes tipos de aço. O gusa é uma liga de ferro e carbono com um teor de carbono muito elevado. São retiradas, portanto, as impurezas e o próprio carbono durante esta etapa, por isso, chamamos de “refino”.

Finalmente alcançamos a última etapa da produção do aço: a laminação. Neste momento é que o produto denominado semi-acabado é processados por laminadores e transformados em uma grande variedade de produto.


Uma curiosidade e tanto, não é mesmo? E que nos mostra ainda mais a importância deste produto nos mais variados equipamentos. Afinal, o que seria de nós sem o aço?



Mateus kollross é proprietário da MK Engenharia,

que desenvolve equipamentos robustos, especialmente lixadeiras de cinta.

Entre em contato para orçamento e mais informações

(47) 98494-0815

Veja portfólio em:



43 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page