top of page

Museu de Cutelaria Fio das Gerais

Atualizado: 24 de mar.


O museu, uma ideia concebida por Luciano Chaves, é uma concepção antiga que já perdura há muitos anos. Há cerca de 8 a 10 anos, ele decidiu colocar em prática essa ideia, transformando-a de um sonho em um projeto ao longo desse período. Antes dos 10 anos, era apenas um sonho, mas nos últimos 8 anos, tornou-se um projeto de vida. Ele acredita na Lei da Atração e dedicou suas boas energias para concretizar esse museu.


Nos últimos anos, ele focou intensamente na criação do museu. Houve uma oportunidade de adquirir uma casa próxima à sua residência para abrigar o museu, mas infelizmente, ele perdeu essa oportunidade. Isso o deixou frustrado, mas ele decidiu mudar seu foco, vibrando positivamente e aplicando os princípios da Lei do Retorno. Pediu ao universo, seus mentores espirituais e sua família por um imóvel adequado para o museu, e eventualmente, essa busca foi bem-sucedida.


O objetivo da criação do Museu Fio das Gerais é, em primeiro lugar, registrar a história pessoal e da cutelaria nacional. O museu abriga suas primeiras facas, como sua faca número um, seu primeiro machado e sua primeira espada, além de diversas peças de diferentes épocas. Ele tem o desejo de preservar sua história e também a história de outros cuteleiros, resgatando narrativas perdidas.




A coleção do museu inclui uma variedade de facas artesanais brasileiras, com um foco especial na cutelaria mineira. Ele também explora a história militar, exibindo artigos militares com uma ênfase especial nas guerras e revoluções da região, como a Guerra de Emboabas em 1707-1709. Além disso, ele busca informações sobre facas de diferentes cidades de Minas Gerais e de outras regiões do Brasil.



O museu não é apenas um acervo particular, mas está se tornando público para visitação. Luciano está criando uma biblioteca com uma extensa coleção de livros, revistas importadas como a Blade Magazine, enciclopédias e documentos acadêmicos sobre facas, armas brancas e temas relacionados. Ele compartilha sua paixão e conhecimento com os visitantes, transformando seu museu em um ponto de conservação e recepção desse valioso acervo, que continua a crescer e se tornar cada vez mais acessível ao público.



O quê você encontra no Museu Fio das Gerais:


  • FACAS DO SÉCULO XIX

  • FACAS FRANQUEIRAS

  • FACAS SOROCABANAS

  • FACAS NORDESTINAS

  • ESPADAS

  • ARMAS MEDIEVAIS

  • COLEÇÃO DE MACHADOS ANTIGOS E TOMAHAWKs

  • MINIATURAS

  • BIBLIOTECA COM REVISTAS, LIVROS, TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO E ARTIGOS DE PESQUISA SOBRE CUTELARIA

  • VENDA DE FACAS E INSUMOS

  • CAFETERIA E LANCHONETE (EM BREVE)


FIO DAS GERAIS

*Por Dênis Artur Carvalho


No Museu Fio das Gerais, em Santa Cruz de Minas,

A cutelaria brasileira encontra seu lar,

Em versos afiados, a história se ilumina,

Facas esculpidas, um legado a brilhar.

No aço, a destreza dos mestres se revela,

Cada lâmina, obra-prima, na vitrine resplandece,

Afiação precisa, arte que consola,

Nas mãos habilidosas, a tradição se aquece.

Entre cabos entalhados e forjas ardentes,

O Museu guarda segredos, como um poema guardião,

Do ferro à criação, a saga é contada,

Na cutelaria brasileira, um sublime coração.

Santa Cruz de Minas, testemunha desse enredo,

O Museu Fio das Gerais, em cada detalhe, é herança,

Da lâmina que corta ao verso que encanta,

A poesia da cutelaria, em cada visita, avança.


Funcionamento:

QUINTA A SÁBADO - 9hs às 11:30hs das 13:30hs às 17hs

SEGUNDA À QUARTA - Visita Agenda


Avenida Ministro Gabriel Passos, 2082 - Santa Cruz De Minas-MG

Contato: (32) 99969.0092 facaschaves@gmail.com




23 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Faca Bowie

Comments


bottom of page